Você sabe como fazer uma factoring ser bem-sucedida?

Empreender é muito mais do que tirar uma ideia do papel, é fazer com que seu negócio seja sustentável ao longo do tempo e cresça. Ainda mais quando se trata de uma factoring, que tem como objetivo ajudar a outros empresários com suas finanças. Mas você sabe como fazer uma factoring ser bem-sucedida?

Comece com o planejamento estratégico

O planejamento estratégico para factoring começa com a definição do objetivo principal do seu negócio, que pode ser o tipo de factoring que você deseja abrir. Com isso resolvido, fica mais fácil determinar os recursos necessários, contratação de pessoal, forma de operar e gerar receita.

É durante essa fase de planejamento que você calcula a viabilidade da factoring e o ponto de equilíbrio, que é quando as receitas cobrem todas as despesas e você começa a lucrar efetivamente.

Também é possível fazer projeções de vendas e fluxo de caixa, a fim de estabelecer suas metas e indicadores de desempenho nesses campos.

Defina seus serviços

Uma empresa de fomento mercantil pode trabalhar com alguns tipos de título, oferecer apenas a compra e venda dos mesmos ou prestar serviços de assessoria aos clientes.

Tudo isso deve ser pensado antes de iniciar as atividades para que você saiba exatamente o que oferecer ao seu público. Caso já esteja no mercado, uma avaliação criteriosa sobre os serviços prestados pode motivar uma mudança de modelo de negócio para escalar a quantidade de clientes.

Analise os riscos do negócio

Mesmo os profissionais mais experientes do mercado desconsiderar algum tipo de risco inerente ao negócio e deixar a factoring descoberta. Sendo assim, faça uma análise minuciosa dos critérios utilizados para a concessão de crédito.

Implemente um setor de compliance na factoring, a fim de obter mais transparência nas transações e instituir melhores práticas de análise de riscos. Utilize sistemas eficientes na coleta, análise e armazenamento de dados, a fim de ter um histórico consistente de cada transação realizada por cada cliente.

Fique de olho no universo digital

Muitas empresas reinventaram seus modelos de negócios para aproveitarem o potencial da internet e dos negócios digitais. Agora é a vez das factorings, que possuem um amplo mercado de pequenos e médios negócios esperando por serviços de qualidade.

Mais do que um site e presença em redes sociais, você deve pensar em como ofertar seus serviços de forma facilitada para seus clientes. Uma plataforma que facilite o processo de compra e venda de títulos ou, quem sabe, um aplicativo para smartphone.

O melhor é aproveitar enquanto não existem muitas factorings pensando nisso.

Mantenha tudo sob controle

O acompanhamento de indicadores de desempenho é fundamental para que sua factoring tenha êxito. Número de contratos fechados por mês, valor médio dos títulos negociados, taxa de inadimplência, recuperação de créditos e lucro líquido são apenas alguns dos indicadores que você deve ter sob total controle.

Mais uma vez, a tecnologia pode ser sua grande aliada, afinal, ninguém quer ficar analisando planilhas e mais planilhas todos os dias.

Invista em tecnologia

Vale lembrar que as tecnologias da informação evoluem rapidamente e que existem dezenas, quem sabe centenas de soluções que podem otimizar o trabalho da sua factoring e trazer maior produtividade.

Sistemas de gestão e relacionamento com os clientes, automação de marketing, análise de crédito, entre outros, trazem maior confiabilidade aos seus processos, evitam falhas e conferem maior agilidade nas atividades diárias.

Softwares de gestão de documentos evitam que você tenha que imprimir contratos e facilitam o trânsito desses documentos entre clientes e factoring. Com um clique você envia o contrato por e-mail, o cliente recebe, insere uma assinatura eletrônica e devolve.

Associe-se ao Sindicato

Para finalizar nossa conversa e ter uma factoring de êxito, não esqueça de se filiar ao sindicato que representa a sua categoria. Afinal de contas, o sindicato tem duas funções: defender os interesses da categoria econômica e promover a negociação coletiva. A força de um setor se estabelece a partir da união de seus membros e por meio de uma entidade representativa que exerça o direito voluntário de lutar pelos direitos comuns, não é mesmo?

Quando uma factoring se associa ao SINDISFAC MG, por exemplo, têm à sua disposição as seguintes facilidades:

  • Realização de cursos, treinamentos, seminários e palestras, trazendo sempre informações atualizadas do mercado;
  • Convênios com empresas de informação cadastral – SERASA – BOAVISTA;
  • Reuniões Mensais, Anuais e Extraordinárias;
  • Publicação de um Informativo trimestral com artigos financeiros e de interesses específicos de FACTORING;
  • Assessoria Jurídica;
  • Assessoria operacional;
  • Assessoria Contábil;
  • Consulta CCF – Banco Central – ilimitada e gratuita;
  • Condições especiais na aquisição de planos odontológicos e de saúde;
  • Acesso à instrumentos que busquem maior segurança às operações dos filiados;
  • Atualização com a legislação pertinente;
  • Intercâmbio entre os associados sobre pontualidade de clientes.

Além disso, O Sindicato serve de elo entre os filiados e autoridades constituídas; bem como congrega os filiados, fortalecendo a categoria.

Você tem outras dicas para fazer uma factoring ser bem-sucedida? Deixe seu comentário!

 

Deixe um comentário