Como comprar recebíveis de cartões de crédito?

O tema “Compra de Recebíveis de cartões de crédito” tem sido alvo de muitas discussões no segmento de fomento comercial. Essa possibilidade abre portas para novos negócios e amplia as oportunidades de geração de fluxo de caixa para as empresas. Alinhado com os temas de maior atenção no mercado, o Sindisfac apoiou a realização de uma palestra gratuita para os profissionais do setor, na última terça feira, dia 08 e Agosto. Realizado em parceria com a Anfac, Banco Paulista e Decisão Contabilidade, o evento foi ministrado pelo José Xavier Cunha, presidente da Decisão Contabilidade, e por Fábio Zacharias e Luiz Chaim, do Banco Paulista.

“A crise econômica existe para quem não trabalha”. Com essa frase, o presidente da Decisão iniciou o encontro, que discutia a apresentação da viabilização de aquisição de recebíveis de cartões de crédito pelas empresas de fomento comercial e os registros da operação na prática. O Banco Paulista, pioneiro na atividade, apresentou uma nova plataforma de negócio, no qual oferece uma trava para entidades financeiras.

Segundo Zacharias, o sistema é informatizado, evita a inadimplência e permite maior controle e segurança na garantia da operação com recebíveis de cartões. Ainda, ele explicou que o processo funciona por meio de SCG (sistema de controle de garantias), no qual a trava pode ser aplicada no CNJP completo ou na raiz do mesmo, e o cliente ainda pode selecionar qual recebível deseja antecipar.

Atualmente, o sistema é eficaz para os estabelecimentos comerciais, que recebem o dinheiro independente do consumidor ter pago. Para elas, uma das maiores vantagens é poder diminuir as taxas cobradas nas compras, já que o Banco Paulista é parceiro de diversas administradoras das máquinas de cartões.

Segundo Roberto Ribeiro, Diretor Administrativo do Sindisfac, a antecipação de recebíveis sempre foi uma ferramenta de administração financeira muito utilizada por todas as empresas. Entretanto, houve, com a evolução da tecnologia, uma mudança nos métodos de pagamento utilizados na economia: os cheques passaram a ser substituídos por cartões de crédito. “Essa tendência é irreversível, principalmente do ponto de vista do varejo e das negociações B2C, uma vez que são raras as pessoas que portam consigo um talão de cheque nos dias atuais. Todos utilizam cartões de débito e crédito. Esta mudança gerou consequências do ponto de vista do volume de negócios realizados pelo fomento comercial, uma vez que elas não tinham mais a possibilidade de antecipar aquelas vendas que antes eram realizadas com cheques pré-datados e que hoje são parceladas no cartão”, diz. Para ele, o que o Banco Paulista está trazendo para o mercado é revolucionário, ao dar ao fomento comercial a possibilidade de antecipar os recebíveis dos cartões de crédito para os comerciantes.

Educação para o mercado

Roberto Ribeiro foi o responsável pela apresentação do Sindisfac ao público e ressaltou a importância de apoiar eventos como esse. “É muito importante, para os nossos filiados, terem acesso às informações que dizem respeito às inovações do mercado e do setor, e pesa sobre o sindicato a responsabilidade de levar essas informações aos empresários”, conta. “A palestra pode representar um divisor de águas para as Factorings e FIDCs de todo o Brasil. O evento foi fantástico e contou com a presença maciça de nossos filiados, que vieram de várias cidades de Minas Gerais para prestigiar e participar do evento. Temos a missão de fazer com que o nosso setor seja cada vez mais forte, mais respeitado e mais apoiado pela sociedade, dada a grande importância socioeconômica do setor para o país. O apoio a iniciativas expressivamente importantes para os nossos empresários, como foi o caso deste evento, serão sempre apoiadas pelo sindicato”, reafirma.

Repercussão

Gustavo Ribeiro, da Stand by Sistemas, hoje trabalha em um local que oferece softwares a grande parte das empresas que participaram do evento. “Além de achar a palestra de hoje extremamente positiva, pude ter uma visão geral de uma ferramenta que pode ser usada e integrada a minha empresa”, conta. “A palestra de hoje nos trouxe um assunto muito bacana de uma ferramenta inovadora. Apesar de estar começando agora, ficou bem claro, pela apresentação, o método de trabalho realizado”, opina Camila Assunção, da Ativa.

Marina Xavier, filha do presidente da Decisão Contabilidade e futura herdeira do negócio, contou que já havia participado de outra palestra sobre o assunto, mas essa pode aproveitar mais, pois teve mais termos técnicos, foi mais produtiva e foi possível esclarecer ainda mais dúvidas. Já Luiza Braga, da Confac, ficou muito feliz em participar do evento.”Primeiramente, gostaria de agradecer pela oportunidade de participar de um evento desse, com um assunto tão relevante e, juntamente, com pessoas tão qualificadas. Achei a palestra muito esclarecedora, que permite a antecipação de possibilidades de atuação em uma factoring”, finaliza.

Roberto também saiu do evento contente com a participação do sindicato. “Nós, do Sindisfac-MG, ficamos muito satisfeitos com a apresentação e mais ainda com o conteúdo apresentado. O Banco Paulista está de parabéns pela iniciativa e por conseguirem apresentar com clareza todos os pontos mais importantes da nova solução por eles apresentada”, conclui Ribeiro.

Quer participar dos próximos eventos do Sindisfac? Assine nossa newsletter e receba os convites em primeira mão!

 

 

Deixe um comentário